sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Noura

Situada no cimo de uma encosta e situada dentro da chamada Terra Quente.
A ocupação humana desta freguesia remonta já à época da Pré-História, como comprovam os inúmeros vestígios arqueológicos encontrados ao longo dos anos. Reconhecemos daí as ruínas de um antigo povoado castrejo.
Este nome Noura provém da evolução da palavra “Naùra” que quer dizer nora – engenho árabe utilizado na rega dos terrenos agrícolas. Aparece integrada no termo de Murça a quando da concessão do foral a esta por D.Sancho II a 8 de maio de 1224. É um aglomerado de características urbanísticas com uma rua principal ladeada pelas casas sendo algumas de interesse arquitectónico rural.
 A população dedica-se à agricultura cultivando a vinha, o olival e pomares com variadas frutas.
Tem uma igreja, capela, fornos de cozer o pão, azenha, lagares e moinhos famosos. Possui também uma associação recreativa cultural.
Fonte do texto:  Murça Terra de Encanto

Sem comentários:

Publicar um comentário